Editora Werlang
Archive.org    Blog    Twitter    CEW    Colônia Santo Ângelo    Linhagens    Links    Fale Conosco
    
A Participação de João Gerdau no Coral Hoffnung da Colônia Santo Ângelo-Agudo

    Em 1875 encontramos Gerdau como um dos fundadores do Gesangverein Hoffnung, o Coral Esperança, que foi criado por um grupo de 9 pessoas, no dia 9 de fevereiro de 1875. O grupo se reunia para cantar e discutir os problemas da jovem colônia. Gerdau foi eleito Caßierer, ou seja, o tesoureiro do coral com 4 votos. (BRUHN, 1932, p. 152-153).

    No Protocoll, antigo documento de fundação, em sua versão alemã, consta:
Protocoll. Depois da deliberação da Assembléia, do dia 19 de fevereiro de 1875, foram aprovados os estatutos e fundada a nova sociedade. Em seguida, foi convocada uma nova reunião para o dia 21 de fevereiro.

    Os estatutos foram subscritos por 9 pessoas, quando foram eleitos os membros da presidência: Johann Gerdau, foi escolhido Tesoureiro, com 4 votos e Carl Homrich, Secretário, com 3 votos. A direção do canto, coube ao Prof. Carl  Lauer.” (BRUHN, 1932, p. 152). 
0108
< >
 
   
Autor: William Werlang
Locução: Janice Hermes
Áudio 0108
    No dia 27 de abril de 1879, após a reunião dominical, os seguintes membros assinaram a ata de presença:  “1. Barão von Kahlden; 2. Carl Homrich Júnior; 3. Otto Homrich; 4. Fr. Seifferth; 5. Carl Lange; 6. Franz Pittelkow; 7. August Zimmer; 8. Otto Lieblich; 9. Johann Schneider; 10. Franz Fürstenau; 11. Johannes Gerdau; 12. Carl Janner; 13. Eduard Gehrke; 14. Christian Engel; 15. August Pötter; 16. L. Häuser; 17. Conrad Losekann; 18. Franz Schott; 19. Carl Ehrhardt; 20. ; 21. August Dutell; 22. Heinrich Ehlers; 23. Emil Hübner; 24. Wilhelm Losekann Sênior; 25. Wilhelm Losekann Filho; 26. F. Falk; 27. Friedrich Schiefelbein; 28. Carl Lauer; 29. Wilhelm Mund; 30. Ludwig Finger; 31. L. Neujahr; 32. Gustav Wrasse.”

    No dia 14 de novembro de 1875, Johannes Gerdau, compareceu ao culto ministrado Pastor Tüsmann na comunidade evangélica da Picada do Rio. Neste mesmo dia, juntamente com Franz Fürstenau, procedeu a doação da coleta realizada na igreja de Agudo de 20$000 réis, para a construção do altar da Igreja. (TÜSMANN, 1878, p. 31).

    Em várias oportunidades, as dependências da sua casa comercial foram utilizadas para casamentos, batizados e festas comunitárias. Em outubro de 1876, Gerdau acolheu em sua casa, o colega comerciante Heinrich Ludwig de Cachoeira, para o batizado de sua filha Anna Ludwig.  Entre o seu círculo de convivência, encontrava-se o diretor Barão von Kahlden, companheiro de atividades do coral da Colônia Santo Ângelo.
  
In Hoc Signo Vinces!
Copyright © 2000-2016 by Editora Werlang   •   All Rights reserved   •   www.werlang.de - www.coloniasantoangelo.com.br
contador de visitas