Editora Werlang
Archive.org    Blog    Twitter    CEW    Colônia Santo Ângelo    Linhagens    Links    Fale Conosco
    
               O Pastor Johannes Tüsmann.

(Crônica com dados do livro "Registros Históricos de Agudo" do Pastor Richard Rudolf Brauer)

    Terminada a visita nas dependências da Fundição de João Gerdau em Agudo, o casal decide que é chegado o momento de realizarem uma visita ao Pastor Tüsmann. Antes de iniciarem o retorno, Alwine visualiza ao norte dali, um conjunto de montanhas que possuem expostos enormes pedras brancas.

    - Como é nome destas montanhas João - é o Finkenberg - responde Gerdau, um conjunto de morros que são a marca registrada da Colônia Santo Ângelo-Agudo. Todos os viajantes que aqui chegam se admiram da beleza destas montanhas. Sem esquecer, o morro que dá o nome a nossa localidade - o morro Agudo - completa. O casal sobe na charrete e se dirige até a Igreja Evangélica.
0081
< >
 
    - Ao chegarem ao local o Pastor Tüsmann os aguardava na porta de entrada da Casa Pastoral. - Seja bem-vinda, Senhora Alwine Gerdau. Muitas vezes o Gerdau me falou de você, o quando era bonita. Ele tinha toda razão. 

    - Entremos até o meu pequeno escritório, para podermos conversar. Minha esposa irá nos trazer uma limonada fresca. Alwine imediatamente quer saber da origem do Pastor.

    - Vejo que o Senhor se expressa muito bem - mas qual é a sua origem? Tüsmann responde. - Eu nasci em Reval-Estland, na Europa. Iniciei o meu trabalho aqui em Agudo no dia 12 de dezembro de 1874 com as palavras extraídas da Sagrada Escritura, Salmos 33.22: Seja sobre nós, Senhor, a tua misericórdia, como de ti esperamos. Amém.

    Fui enviado pela Sociedade Evangélica para a América do Sul, em Wuppertal, para o Sínodo Riograndense em São Leopoldo e de lá para Santo Ângelo-Agudo como “Pastor Evangélico e Teólogo”.

    - Cheguei aqui numa sexta-feira de noite às 7 horas do dia 11 de dezembro de 1874 com a ajuda de Deus. Na realidade eu também acabei de chegar e quero convidá-la para o primeiro culto da nova Igreja que vai ser realizada no próximo dia 20 de dezembro. O culto será presidido pelo Pastor Wittlinger da Comunidade de Paraíso.

    - Quando da fundação em 1867 da Comunidade Evangélica da Colônia Santo Ângelo, Paraíso fazia parte da nossa, e colaborou com doações para a construção do templo de Agudo. Infelizmente em 1873 ocorreu a separação das comunidades. Comprometemos-nos para o ano que vem (1875) devolver a quantia de 500 mil réis para Paraíso.
Autor: William Werlang
Locução: Janice Hermes
Áudio 0081
In Hoc Signo Vinces!
contador de visitas
Copyright © 2000-2016 by Editora Werlang   •   All Rights reserved   •   www.werlang.de - www.coloniasantoangelo.com.br