Die Kolonie Santo Ângelo Zeitung
Copyright © 2000-2016 by Editora Werlang   •   All Rights reserved   •   www.werlang.de - www.coloniasantoangelo.com.br
Autor: William Werlang
Locução: Janice Hermes
O Jornal da Colônia Santo Ângelo
0069
< >
Archive.org    Blog    Twitter   CEW    Colônia Santo Ângelo    Linhagens    Links    Fale Conosco
Áudio 0069
          
                 
A Saga da Família Gerdau XII

    Foi um alívio para todos quando a embarcação entrou no porto de Rio Grande e encostou-se ao cais. Era inacreditável o terror que se apoderou da pobre Alwine.

    Ela teve um choque maior ainda quando vislumbrou o ambiente do cais do porto.

    Haviam pessoas de todas as classes sociais, raças, línguas e cor.

    Uma babel nos mares do sul - disse Alwine espantada. É aqui nesta região que vamos morar João? Voltemos por favor, no próximo barco para Hamburgo, minha terra querida.
     De todos que falam, não ouvi uma palavra sequer no bom alemão, a não ser ruídos estranhos de línguas primitivas. Entendo algumas poucas palavras por causa dos meus estudos de latim, mas mesmo assim, parecem ser muito mal pronunciadas. Este português que eles falam aqui é do século XIV.

    Como João Gerdau já conhecia Rio Grande, pois havia trabalhado de empregado por alguns meses até em 1869 antes de seguir para Cachoeira do Sul, levou-a até as autoridades da alfândega para regularizar o seu passaporte e obter o visto de permanência no Brasil.

    João já falava em português e disse num tom firme e decidido. - Seguiremos em breve para a Colônia Santo Ângelo em Cachoeira. Esta é minha esposa e iremos fixar residência em minha propriedade que já está constituída - afirmou.

    Muito bem, respondeu. Vejo que não é um qualquer e que já dispõe de meios para sustentar a sua nova família e levar adiante o seu progresso pessoal. Nós gostamos disso. É importante para o Império que haja pessoas que prosperem, não importa a origem.

    Queremos o progresso no interior do Brasil. Vejo aqui em seu passaporte que o Senhor já foi capaz de retornar para a Europa e voltar. Esta façanha é para poucos. Façam, pois uma boa viagem até a colônia. - O próximo...
contador de visitas
In Hoc Signo Vinces!