Die Kolonie Santo Ângelo Zeitung
Copyright © 2000-2016 by Editora Werlang   •   All Rights reserved   •   www.werlang.de - www.coloniasantoangelo.com.br
Autor: William Werlang
Locução: Janice Hermes
O Jornal da Colônia Santo Ângelo
Membros da Família Fiss da Colônia Santo Ângelo
0053
< >
Archive.org    Blog    Twitter    CEW    Colônia Santo Ângelo    Linhagens    Links    Fale Conosco
Áudio 0053
                 O comerciante Frederico Treptow

    Carl Friedrich Gottfried Enzel Treptow, ou simplesmente Frederico Treptow, nasceu em Schötzows, Pomerânia, em 23 de fevereiro de 1844. Era filho de Martin Cristow Treptow e de Louise Enzel.

    Filho de peões na Pomerânia, ao emigrar em 1858 para o Brasil, encontrou a possibilidade de progredir e prosperar. Com o passar dos anos, construiu um verdadeiro Império, para si seus filhos e descendentes em Agudo, Cachoeira do Sul e Porto Alegre.

    Na Colônia Santo Ângelo, casou-se na década de 1860 com a viúva Auguste Albertine Röpke Fehn, nascida em Gross Linichen, Pomerânia no dia 21 de junho de 1840. Auguste Röpke havia casado em primeiras núpcias com Heinrich Carl Fehn, e que natural da Província de Brandenburgo em 1824, que faleceu em Cachoeira do Sul no dia 28 de dezembro de 1866.
Da esquerda para a direita: Emilio Treptow, Carl Friedrich G. E. Treptow, Reinaldo Treptow e o pequeno Emilio Treptow.
     Segundo o Barão von Kahlden, o agricultor da Picada do Rio Heinrich Carl Fehn, faleceu de desastre junto da cidade de Cachoeira, quando sua carroça virou sobre o seu corpo.

    Em 1869 fundou uma importante Casa Comercial na Picada Morro Pelado (onde está a atual Rodoviária de Agudo). Em 1875 construiu um moinho de arroz com a água desviada por uma barragem e canais de pedra do arroio Hermes (localizava-se defronte da Casa Comercial, no outro lado da Picada Morro Pelado - atual Avenida Concórdia - Agudo). Estas propriedades foram posteriormente vendidas para outras famílias (Hermes e Berger).

    Em 1893 encontramos Frederico Treptow em Cachoeira do Sul, na rua Sete de Setembro, como Comerciante de Primeira Classe. Era Sócio-Proprietário do Engenho Cachoeirense. A antiga Casa Comercial de Agudo, para o seu filho Emilio Treptow.

    Um viajante alemão em visita a região em 1923, afirma que Frederico Treptow, residente em Cachoeira do Sul, era o maior produtor individual de arroz do Estado do Rio Grande do Sul.   .
In Hoc Signo Vinces!
contador de visitas