Die Kolonie Santo Ângelo Zeitung
Copyright © 2000-2016 by Editora Werlang   •   All Rights reserved   •   www.werlang.de - www.coloniasantoangelo.com.br
Autor: William Werlang
Locução: Janice Hermes
O Jornal da Colônia Santo Ângelo
0045
< >
Archive.org    Blog    Twitter    CEW    Colônia Santo Ângelo    Linhagens    Links    Fale Conosco
Áudio 0045
                     A formação do Batalhão de Defesa
   

    Quando dos grandes acontecimentos políticos, todos os dirigentes das linhas, pastores, professores, comerciantes importantes, colonos enriquecidos, acorriam para a casa do Diretor para saberem do que se passava.

    A partir de 1867, na região de Agudo, o local para os comunicados e reuniões era a Igreja Evangélica da Colônia Santo Ângelo.
  
  
    Kahlden recebeu ordens do então Ministro da Guerra Ângelo Moniz Ferraz para formar um batalhão de defesa na região da Colônia Santo Ângelo. Imediatamente, convocou todos os homens que tivessem experiência militar.

    O Barão arregimentou aproximadamente 80 homens que receberam armas e munições e foram adestrados pelo antigo Tenente Kahlden em formação de defesa e ataque em caso de guerra.

    Esse grupo permaneceu reunido em Santo Ângelo, ainda por um ano e depois se dispersaram retornando para as colônias. Um parcela expressiva destes colonos, se alistaram no famoso Batalhão dos Voluntários da Pátria que seguiu para o Paraguai.
A região colonial do Rio Grande do Sul, ficou alarmada com a invasão paraguaia de São Borja em 1865, e prontamente colaborou com o Império Brasileiro constituíndo inúmeros batalhões de defesa.
In Hoc Signo Vinces!
contador de visitas