Die Kolonie Santo Ângelo Zeitung
Copyright © 2000-2016 by Editora Werlang   •   All Rights reserved   •   www.werlang.de - www.coloniasantoangelo.com.br
Autor: William Werlang
Locução: Janice Hermes
O Jornal da Colônia Santo Ângelo
Membros da Família Fiss da Colônia Santo Ângelo
0037
< >
Archive.org    Blog    Twitter    CEW    Colônia Santo Ângelo    Linhagens    Links    Fale Conosco
Áudio 0037
             A Comunidade Evangélica da Picada do Rio (II)

     Segundo Brauer, naquela época mencionava-se no Livro de Atas da Comunidade de Agudo, ex-Colônia Santo Ângelo, que os membros da Comunidade de Agudo, Picada do Rio e “Margem Direita do Rio Jacuí (pela primeira vez citado na história de Agudo) só poderiam ser associados à Comunidade na qual eles moravam.

    Quando a Comunidade Evangélica Santo Ângelo trouxe o seu primeiro Pastor este também atendeu a exigente comunidade da Picada do Rio.

    No mesmo local foram realizadas todo tipo de festividades, no local que se tornara famoso pela prosperidade e riqueza que os colonos ostentavam.
  
    Em meados da década de 1880, o Barão von Kahlden se referia à região da Picada do Rio. como um local onde vertia da terra o ouro amarelo, ou seja, a produção do arroz da várzea do rio Jacuí.

    Esta produção era pequena mas rendia o suficiente para exportação rio abaixo para Cachoeira do Sul e Porto Alegre.

    Quando começaram a chegar as primeiras máquinas a vapor para puxar a água do rio à região teve um salto enorme em progresso e em aumento da produção.

    Entre os membros da nova Comunidade Evangélica da Picada do Rio, estava o colono Augusto Wilke, que residia no lote colonial número 24. Augusto Wilke, natural Gross Schwarzsee, Neustettin, Pomerânia, havia embarcado em Hamburgo com mulher e 2 filhos no Brigue Guilhermina e chegados ao Brasil no dia 2 de novembro de 1857. Havia trazido junto à matriarca da família, viúva com 76 anos de idade.

    Augusto Wilke, um homem extremamente evangélico e pietista havia decididamente desejado uma comunidade unida da Comunidade Evangélica. Era um assíduo frequentador dos cultos do Pastor Johannes Tüsmann.
In Hoc Signo Vinces!
contador de visitas